Viagem de Bike

122 anos ( 60 + 62 ) duas amigas em duas bikes… NO CAMINHO DA FÉ

30 de julho de 2018

Alguns me acham louca, outros corajosa, determinada, ect… (isso porque tenho 60 anos) Mas o que sou mesmo é CURIOSA, muito curiosa. Há quatro anos comecei a viajar de bike. Pedalei por varias rotas no Brasil e fora dele –  inclusive o caminho de Santiago Francês  de Compostela de bike e sozinha . Mas, uma rota que eu tinha muita curiosidade de conhecer era o CAMINHO DA FÉ, não só pela conotação religiosa que ela tem, mas sim pelas dificuldades que eu ouvia a respeito do percurso. Muitas serras: Serra dos Limas, Serra do Caçador, Serra da Fartura, e a temida Serra da Luminosa.

Enfim as infinitas montanhas de Minas Gerais. Um dia parei e pensei – será ????? Então, convidei uma amiga (Tereza Satico) que já havia percorrido o percurso com um grupo de amigos e apoio logístico para ir comigo. A condição era viajar sem uma programação exata – no estilo “um dia por vez”, sem apoio e com alforges (meu estilo de viagem).  Enfim deixar a viagem acontecer. Ela topou !!!!!. Então foi só começar!!!!!!

O Caminho da Fé

O Caminho da Fé foi inspirado no Caminho de Santiago de Compostela – trajeto de peregrinos de 800 quilômetros que vai da fronteira da França até Santiago de Compostela na Espanha.  No Brasil o projeto foi Idealizado por Almiro Grings e Clovis de Lima. É a rota de peregrinação mais conhecida aqui.

Assim como o Caminho de Santiago está praticamente todo sinalizado com setas amarelas e placas indicativas. Quando foi criado em 2003 ligava duas cidades de importância na religião católica – Tambaú (local onde viveu o Padre Donizete) e Aparecida do Norte cidade da padroeira do Brasil.

Com o passar dos anos o caminho teve novas vertentes com início em Sertãozinho (ramal noroeste), São Carlos (ramal oeste), Mococa (ramal norte). Em 2010 o caminho foi ampliado com mais dois pontos de início: Aguaí e Divinolândia. E nesse mês  ( junho 2018) foi oficializado, mas um ramal – a cidade de Franca. Todas passando por Águas da Prata e de lá seguindo para Aparecida do Norte. E assim como o caminho de Santiago de Compostela, possui credencial, carimbos, lista de pousadas e certificado no final do percurso. Todas as informações e mapas estão disponíveis no site da Associação dos Amigos da Fé – www.caminhodafe.com.br.

O Começo

A nossa cicloviagem teve início em Tambaú, no interior de São Paulo e final em Aparecida do Norte, também em São Paulo. Atravessando vilarejos, rios, cachoeiras e bosques em meio às belas paisagens Serra da Mantiqueira. E boa parte do itinerário esta em Minas Gerais.

Um caminho que integra o verdadeiro tipo do interior do Brasil, religioso e hospitaleiro, acompanhado sempre de cenas tipicamente rurais, com rebanhos de gado congestionando a estrada, cachorros vira-lata latindo para proteger pequenas propriedades e muita, mais muita subida (segundo o Sr. Almiro, um numero místico: 7 subidas ), certamente um caminho nada fácil, mas  inesquecível.

Sul da França de bike

Sul da França de bike

Sul da França de bike

Sul da França de bike

Sul da França de bike

Sul da França de bike

Sul da França de bike

Sul da França de bike

 

Sul da França de bike

E, sim MINHA CURIOSIDADE ME LEVOU A DESCOBRIR O Caminho da Fé e sim essa curiosidade foi sanada. Um percurso com paisagens de encher os olhos e lavar a alma, povo acolhedor e cheio de fé.

CLIQUE AQUI!!!!! Confira a primeira etapa do percurso na continuação.  

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.