Sobre a Autora

2596

Santo Agostinho escreveu:

“O mundo é um livro, e os que não viajam acabam lendo só uma página”.

Percebi que poderia ler várias páginas de um “livro”, quando tinha 17 anos (hoje tenho quase sessenta) saí de uma minúscula cidade do interior e fui para São Paulo para trabalhar – foi só o começo.

Até que um dia (1993) viajei pela primeira vez ao exterior. Foi uma viagem ganha em um sorteio (acreditem se quiserem), na época eu tinha três filhos muito pequenos e uma viagem para o exterior era uma coisa nunca cogitada por mim. Falta de grana mesmo. Então fiz a coisa mais absurda da minha vida – deixei meus filhos distribuídos com as avós e amigos e sai para uma viagem de um mês. Eu acreditava fortemente que nunca mais teria uma oportunidade como aquela. Estava enganada aprendi naquele momento que era possível viajar sem grana. Jamais, pensaria visitar mais de 40 países, alguns muito improváveis à época. Compreendi que as viagens ficam pra sempre, não as coisas.

Ninguém rouba de você as imagens e o conhecimento adquirido em uma viagem, seja ela para onde for.

Sempre fiz diários de viagens (desde 1993); tenho pastas e mais pastas, não no computador; não. São aquelas de plásticos mesmo, todas aguardadas no meu armário. Uma para cada destino visitado por mim. São anotações, bilhetes de museus, de transporte público, notinhas de restaurantes, mapas, informações obtidas em quiosques nos centros de turismo, enfim, acredito que alguma coisa ali já virou artigo raro. E muitas fotos.

No computador só comecei a partir de 2005, tudo ainda é muito novo para mim. Estou aprendendo… E visitando alguns blogs para a pesquisa do meu último destino; fiquei apaixonada por alguns e decidi então fazer o meu.

Este é um blog amador, pequeno e inexpressivo na blogosfera. Não sou profissional. Mas invejo os blogueiros – principalmente aqueles que dominam a gramática e as palavras. Tento fazer o meu melhor, mas peço para aqueles que lerem que se quiserem, aponte erros tanto gramaticais quanto de digitação. Estou aqui para apreender.

Sou uma apaixonada pelas coisas do mundo. Adoro compartilhar o que vejo, sinto e apreendo. Comecei a viajar para valer depois dos 50 anos, quando meus três filhos bateram asas e voaram.

Fiz varias viagens pelo Brasil e viagens internacionais. Com muito planejamento e economias, consegui conhecer mais de 40 países. Segundo Haroldo Castro – jornalista-fotógrafo-escritor que já esteve em 160 países -, em seu teste “Viajologia” que se pode fazer em seu site, que considera não apenas a quantidade de países visitados, mas lugares, monumentos e patrimônios, além de transportes, experiências e situações difíceis porque passam os viajantes, alcancei “Mestrado em Viajologia”, para viagens internacionais e “Doutorado em Viajologia” para viagens no Brasil.

As informações dos lugares, contidas nos meus textos, são pesquisadas nos sites oficiais de cada cidade por mim visitada, na wikipédia enciclopédia livre – pt. wikipedia.org e nos Guias da Folha de São Paulo.

As fotos são todas de minha autoria, feitas com uma Cannon Digital Rebel XSi e uma Sony compacta (sou 100% amadora aposto no meu olhar e a técnica estou tentando aprimorar).

Todas as fotos publicadas tem direitos autorais

Todos os meus textos são baseados em viagens que fiz ou locais que visitei. Não escrevo sobre o que não conheço.

Agradeço a visita e os comentários.
Meu objetivo aqui é compartilhar e incentivar!!!!!.