Herculano (Ercolano)

//Herculano (Ercolano)

Herculano (Ercolano)

Herculano foi, assim como Pompeia, destruído pela erupção do Vesúvio. Na entrada do Sitio Arqueológico é fornecido gratuitamente um mapa do local.Com o mapa na mão, passamos a explorar o lugar. A zona arqueológica de Herculano é bem menor que a de Pompeia. Os edifícios encontram-se em melhor estado de conservação que os de Pompeia, principalmente as partes em madeira. Existem casas com andares superiores e tetos conservados.

O local estava especialmente lindo, devido à primavera: as papoulas vermelhas, em meio às ruínas, davam um contraste especial. Em menos de duas horas visitamos toda as ruínas – as mais interessantes : a Casa dell’ Átrio, cujo piso de mosaico está bem preservado; a Casa Sannitica , moradia mais simples dos sanitas, a tribo itálica local que foi absorvida pelos romanos; a Casa del Tramezzo Carbonizzato – casa de Tabique Queimado; a Casa dei Cervi, a mais suntuosa de todas; a Casa del Mosaico de Netuno e Anfitrite, com notável e impressionante mosaico azul e verde que a adorna e a Casa del Bicentenários. Entre os edifícios públicos, destacam-se as termas – casas de banhos divididas em dois setores: masculino e feminino. O masculino, com água fria, morna e quente e o feminino, com apenas água quente e morna.

Como chegamos cedo, deu para aproveitar bem o passeio e ainda sair cedo de Herculano. Rumamos para o Vesúvio, ao lado de Herculano. Saímos de Herculano e seguimos as placas de indicação: subimos mais de mil metros até chegar ao local onde deveríamos deixar o carro e seguir a pé. Da estrada era possível ver a baía de Nápoles, inesquecível.

Do local onde deixamos o carro até bem próximo à cratera seria uma caminhada de meia hora. Parecia fácil – mas subíamos, subíamos e subíamos. Sentíamos que não chegaríamos nunca. Logo no início da subida, um casal idoso nos ofereceu um cajado – uma boa idéia: ajuda! Na volta foi só devolvê-lo e deixar uma gorjeta.

Muito interessante para quem nunca tinha visto um vulcão, mas a visita é um tanto cansativa.
Depois de visitarmos Herculano e o Vesúvio, olhamos no relógio: ainda eram só duas horas da tarde. O dia tinha sido bem produtivo; então passamos por Herculano, fomos ao supermercado, fizemos nosso piquenique e estudamos o guia. Tínhamos duas opções: seguir para Salerno, que era nosso destino final, pois teríamos que devolver o carro, ou aproveitar um pouco mais a diária do carro e explorar outro lugar. Decidimos explorar outro lugar. O guia indicava Pesto (Paestum)…
2018-02-02T08:45:30+00:00

About the Author:

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.