Nesse trecho da National Cycle Network segui a rota NCN 5 e NCN 41 . Foram 50 km de estrada no total a partir de Stratford-upon-Avon até Chipping Campden e passando por outros vilarejos. Foi difícil pedalar nessa região à vontade e ficar em cada vilarejo dias e dias. Em diversos momentos, entre um vilarejo e outro, parava, parava… Em todas as cidades ficava imaginando como seria morar ali, em uma casinha de pedra com lareira, e um jardim florido.Eu finalmente estava na região de Cotswolds, puro charme no coração da Inglaterra !

3º Rota 

Stratford-upon-Avon / Chipping Campden   50km

IMG_5059

IMG_5239

Em Chipping Campdem, o charme fica por conta das suas casas de pedra em tons amarelo-alaranjado, algumas cobertas de verde, outras de flores, num degradê de encher os olhos!

IMG_5103

Na cidade fiquei hospedada no Volunteer Inn B&B (http://www.thevolunteerinn.net/ )uma pousada do século XVII, repleta de história. Um “Inn”,  é o tipo de hospedagem mais comum no interior da Inglaterra. Basicamente, trata-se de um pequeno hotel, geralmente em uma grande casa georgeana. No térreo fica o pub, bem tradicional.

Aí você abre uma porta no canto do pub, sobe um lance de escadas está em frente ao seu quarto. Muito bem instalada, voltei ao pub e lá fiquei, observando o mais puro jeito inglês de ser. O pub estava cheio de moradores locais , tomando seus aperitivos, ouvindo uma boa música e jogando conversa fora, num clima descontraído de uma bucólica cidade do interior da Inglaterra.

IMG_5171

4º Rota

Chipping Campden/ Moreton-in- Marsh/ Stow –on-the Wold / Todenhan / Honington  48,2 Km

No dia seguinte, depois de um completo café inglês – antes de seguir o roteiro planejado para o dia – decidi visitar Broadway distante a 7 km. Segui pela Cotswold Way, um percurso de tirar o folego. O Cotswold Way é uma trilha de caminhada que segue ao longo do comprimento dos Cotswolds, começando em Chipping Campden, no norte, e terminando em Bath, no sul. A trilha tem 102 km e vistas deslumbrantes. Pena que só percorri 14 km (ida e volta) com certeza voltarei…

Ao longo do caminho era muito comum ver essas barracas em frente as fazendas. E não havia ninguém para vender, tudo na base da confiança – pega e paga -,simples assim. Demais!!!

IMG_5186

IMG_0591

IMG_0583

IMG_0551

Depois de explorar a pequena cidade e uma tentativa frustrada de visitar a Broadway Tower  – teve um papel importante durante a Segunda Guerra Mundial era um mirante estratégico para a prevenção e alerta de ataques aéreos contra a Inglaterra- , voltei para Chipping Campden segui pedalando agora pela rota NCN 442 e 48.

Novamente foram vários vilarejos com casas de pedras que preservam sua beleza natural totalmente integrada com a vegetação do local e jardins impecáveis. Foi tranquilo chegar a Stow-on-the-Wold.

Stow-on-the-Wold.

IMG_5289

Rústica, com chão de pedras, Stow-on-the-Wold é uma “cidade mercado” extremamente pitoresca e muito visitada por ter bons antiquários. Por muito tempo, o vilarejo foi o principal centro usado para a comercialização de ovelhas e lã.  A Igreja de St. Edward acompanhou a história da cidade e já serviu de abrigo para soldados refugiados.

IMG_5306

A interessante porta lateral Igreja de St. Edward

Honington

Depois de explorar Stow-on-the-Wold segui pedalando pela NCN 48, com destino a Honington – vilarejo onde havia feito reserva no Bed and Breakfast para um pernoite. O sistema Bed and Breakfast surgiu na Irlanda e é bastante comum na Europa. Funciona assim: o visitante se hospeda na casa de um morador local, que será seu anfitrião. A experiência reúne o conforto e a privacidade de um hotel com o clima aconchegante de  uma casa. Uma das vantagens dessa hospedagem é convívio com o morador e contato com os hábitos e a cultura local. Em Honington fiquei hospedada  no Milncraig House (www.booking.com/MilncraigHouse )

Eu fui tão bem recebida pela Sherell  Cunninghal .

Sua casa é tão charmosa que resolvi perguntar se poderia ficar mais. Sherell Cunninghal é uma pessoa interessante e minha estadia por lá rendeu bons papos apesar do meu inglês precários . Sua história de vida é fascinante  e de uma de determinação de tirar o chapéu. Com mais de 25 anos de experiência na aviação na África como empresária, aviadora e aventureira, ela é uma mulher que alcançou seu sucesso através da tenacidade.Contou-me suas emocionantes histórias de quando voava em zonas de guerra na África, entregando ajuda alimentar. Amei estar com ela . O site dela  www.sherellcunningham.com vale a pena conferir.

IMG_5347

Foi uma ótima decisão ficar mais tempo e poder usufruir da companhia da Sherell. 

O dia seguinte amanheceu com muita chuva e eu aproveitei para descansar.  Com o dia chuvoso ficamos conversando muito sobre: a região e sua paixão por avião Ela me levou para conhecer algumas cidades próxima de carro e fazer supermercado . Mais uma vez tive a oportunidade de viver o dia como uma pessoa do local. O meu próximo trecho de pedal foi sugestão dela –  um roteiro de bike por cidades que não deveria deixar de conhecer. Então depois de um delicioso café da manha e com  a lista de cidades  sugerida por ela, parti. 

IMG_0720

IMG_5362

 

4ª parte clique aqui