O próximo destino foi Sorrento, ficamos no Hotel Leoni, um hotel bem localizado, e bastante confortável e, o melhor, com estacionamento. Estacionar nas cidades da Costa Amalfitana não é uma tarefa fácil, decidir por um hotel com garagem, significa tranquilidade e segurança.

Sorrento é uma cidade encantadora. Seu centro histórico, com ruazinhas cheias de pequenas lojas, é um lugar interessante para passear. A cidade fica no alto de um penhasco à beira-mar, e um dos belos monumentos é a Igreja de S. Francisco. Em Sorrento o aroma das laranjeiras e limoeiros e a brisa do mar substituem a fumaça dos automóveis.

As praias, em Sorrento, são peculiares: o “pedaço” destinado à areia é estreito e escura. Grandes plataformas são construídas já dentro do mar, em volta das quais ficam piscinas naturais.Há uma série de “casinhas” onde o banhista pode se trocar e deixar suas roupas. São bares e restaurantes com essas estruturas que exploram o lugar.

No dia seguinte: iríamos para a Ilha de Capri